Inscrições pelo site encerradas.


Programação

Sábado, 4 de agosto de 2018

8h00 Credenciamento
9h00 Abertura do Encontro
9h30 Conferência

 “A importância da relação e dos cuidados no desenvolvimento de habilidades sociais na Primeira Infância”.
• Szuszana Libertiny (Hungria) Pedagoga na Escola Infantil Emmi Pikler em Budapeste e formadora no Instituto Pikler. Mestre em Pedagogia pela ELTE Universidade de Budapeste. Ao tornar-se mãe, se aproximou intensamente das idéias piklerianas. Foi responsável pela orientação aos pais e grupos pais-bebê no Instituto Pikler. Morou no Canadá, onde atuou no suporte a famílias recém-imigradas com filhos pequenos. Ao retornar à Escola Infantil Emmi Pikler, passou a integrar também a direção e a equipe de metodologia. Desde 2009 é palestrante internacional sobre temas que abrangem o dia a dia das crianças e o suporte às famílias e às creches.
12h00 Pausa para o Almoço
13h30

Eventos Simultâneos:

O participante do Encontro deve escolher entre os eventos abaixo

Conferência:

 “ O Nascimento psíquico e seus pontos de encontro com a abordagem Pikler ”.

•Ivanise Fontes – psicanalista, doutora em Psicanálise pela Universidade Paris 7 – Denis Diderot , com pós-doutorado no Laboratório de Psicopatologia Fundamental do Núcleo de Estudos Pós-graduados em Psicologia Clínica da PUC-SP. Autora de La Mémoire Corporelle e Le Transfert (Presses Universitaires du Septentrion, França,1999) , A Memória Corporal e a Transferência (Via Lettera, Brasil, 2002), Psicanálise do Sensível – fundamentos e clínica (Idéias&Letras, 2010), co-autora de Virando Gente – a história do nascimento psíquico ( Ideias&Letras,2014) e A Descoberta 

Oficinas:

“Encontros da abordagem Pikler com a Eutonia e Feldenkrais “.
Suzana Soares e Mariana Huck

“Encontros entre a Abordagem Pikler e formação em instituições de acolhimento”.
Bete Godoy

“Movimento livre: as posições decisivas do bebê em busca da verticalidade”.
Josiane Del Corso

“O mobiliário e a organização do espaço sob a perspectiva da abordagem Pikler”
Leila Oliveira Costa

“Oficinas de motricidade livre e observação para bebês e seus responsáveis”.
Flavia Gonçalves e Paula Nabinger

15h00 Papo com café
15h30 Mesa Redonda

“O trabalho de formação e o encontro entre a Abordagem Pikler e as Políticas públicas para a Primeira Infancia”.

• Mônica Samia (BA) Pedagoga, Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia/UFBA. Atua desde1999, na Avante Educação e Mobilização Social – ONG, instituição baiana onde é consultora associada da Linha de Formação de Educadores e Tecnologias Educacionais e trabalha em projetos sociais como coordenadora e formadora, junto às redes pública e privada. Foi consultora do MEC e Unicef/Unesco nos programas Proinfantil, Família Brasileira Fortalecida e nas pesquisas Redes de Aprendizagem e Caminhos do Direito de Aprender.
• Aristeo Leite Filho (RJ) Pedagogo, Doutor em Ciências Humanas – Educação pela PUC/Rio, onde leciona no curso de especialização em Educação Infantil. Professor Adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ. Conselheiro do Conselho Municipal de Educação do Rio de Janeiro.
17h00 Apresentação Cultural para fechar o dia
18h00 Assembléia da Rede Pikler Brasil

Domingo, 5 de agosto de 2018

9h00 Conferência

“Dos cuidados familiares aos cuidados institucionais”.
• Sylvia Nabinger (RS) Fundadora e representante internacional da Rede Pikler Brasil. Doutora em Direito pela Universidade de Lyon, França. Terapeuta Conjugal e Familiar. Técnica em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina Paris Xlll.
Consultora Internacional pela Infância. Professora da Escola do Ministério Público (RS). Assistente Social jubilado do Juizado da Infância de Porto Alegre.
10h30 Papo com café
11h00 Mesa redonda

“Práticas possíveis em Educação Infantil”.

Ana Claudia Guedes (BA) Professora da Secretaria Municipal de Salvador há 14 anos. Atua em creche há 10 anos, dentre estes há 5 anos junto à bebês entre 10 meses e um 1 ano de idade. Especialista em Psicopedagogia, pela Faculdade São Bento da Bahia em Docência na Educação Infantil pela UFBA. Formação em Abordagem Pikler pela Secretaria de Educação do Município de Salvador. Contribuiu na construção do material pedagógico NOSSA REDE feito pela Avante para o trabalho na Educação Infantil do Município de Salvador.
Angela Maria dos Santos (SP) Pedagoga.Trabalhou em berçários mais tradicionais e em 2014 iniciou seu trabalho com os bebês na Ateliê Carambola iniciando o desafio de aprender e dialogar com a abordagem de Emmi Pikler. Participou em 2018, do I Seminário PIKLER Internacional em Budapeste, Hungria e nesse momento visitou o Instituto Emmi Pikler. Desde então participa de cursos e de grupos de aprofundamento para ampliar seu conhecimento e seu processo de documentação do cotidiano dos bebês
Zuleica Malucelli (PR) Pedagoga, musicista e advogada. Especialista em Educação Infantil, em Gestão nas Organizações Educacionais e em Psicanálise na Educação. Formação pela Associação Pikler Lóczy-França em parceria com Entrelaços da Infancia. Diretora e coordenadora pedagógica da Escola de Música Da Capo, desde 1990; do Centro de Educação Infantil Aurora, desde 2009, e do Aurora Espaço Bebês desde 2014. É sócia-proprietária da AZM Assessoria Educacional, através da qual ministra palestras e workshops em várias cidades e escolas.
13h00 Pausa para o Almoço
14h30 Apresentação de trabalhos

SALA A: Inspirações piklerianas na Ed. Infantil

SALA B: Inspirações piklerianas na Ed. Infantil

SALA C: Inspirações piklerianas na formação do Profissional da Primeira Infancia.

SALA D: Inspirações piklerianas na formação do Profissional da Primeira Infancia.

SALA E: Inspirações piklerianas e as instituições de acolhimento

SALA F: Inspirações piklerianas na relação adulto e bebês em espaços alternativos

SALA G: Inspirações piklerianas, psicomotricidade e desenvolvimento atípico.

16h15 Papo com café
16h45 Mesa Redonda

“O encontro entre a Abordagem Pikler e as neurociências: a importância da prevenção”.
• Roberta Simas ( Brasil/França) Psiquiatra Infantil pela UFF/Niterói, Mestrado e Doutorado na universidade de Paris. Diploma Universitário (DU), A Psicologia e a psicopatologia do bebê, pela Université Paris 5, França. Vive na França desde 2003. Trabalha no Hospital Necker. Atua com a abordagem Pikler, sendo formadora certificada e supervisora desta abordagem pela Associação Pikler-Lóczy França.
• Paula Ferraz ( RJ) Psiquiatra da Infância e da Adolescência UFF/Niterói. Residência Médica em Psiquiatria pelo Instituto Philippe Pinel/ RJ. Diploma Universitário (DU), A Psicologia e a psicopatologia do bebê, pela Université Paris 5, França, 2004.
18h15 Palavras de Encerramento

Desenvolvimento: Wazo Comunicação